David Beckham acaba de receber a notícia que tanto queria. Os membros da comissão do condado de Miami-Dade aprovaram a venda de um terreno na cidade pra ele. O projeto é construir um estádiopara a disputa da MLS.

A decisão saiu a partir de votação. Na ocasião a iniciativa teve nove conselheiros favoráveis. Apenas quatro membros do grupo foram contrários, segundo confirmação de John Labriola, porta-voz da Junta de Comissários do condado de Miami-Dade.

O terreno, de 11.340 metros quadrados, localizado no bairro Overtown, será vendido por cerca de US$ 9 milhões (R$ 29,5 milhões). O grupo liderado por Beckham já possuiu terreno de 24.300 metros quadrados ao lado do que será comprado agora. E, com ele, vai  completar o espaço necessário para a construção de um estádio com capacidade para 25 mil pessoas.

“Levou um tempo para chegar a esse ponto, mas a comunidade precisa. A frase é do comissário Xavier Suárez e foi reproduzida pelo  jornal Miami Herald.

A resolução permite que Beckham compre aproximadamente 1,2 hectares por 9 milhões de dólares. É a última parcela do espaço necessário para iniciar a construção do estádio, de 3,6 hectares.

Agora a Liga de Futebol dos Estados Unidos (MLS) precisa aprovar a franquia e a cidade de Miami precisa aprovar a venda do terreno para Beckham. Só aí, o inglês vai poder iniciar a construção do estádio em Overtown, bairro mais pobre no centro da cidade.

Beckham causa polêmica com projeto

O projeto causa polêmica na região. Alguns vizinhos recusam a proposta de receber um estádio para 25 mil pessoas sem estacionamento e em pleno centro da cidade. Hoje a região já sofre com engarrafamentos.

A comissária Danielle Levine Cava votou contra e lamentou que o projeto de Beckham não esteja acompanhado de um a proposta para melhorar os serviços de transporte público da zona, que segundo ela não está capacitada para receber milhares de torcedores.

– Não houve conversa suficiente sobre como vai contribuir na Liga e nas instalações de trânsito – falou a comissária, segundo o Miami New Times.

Beckham anunciou, em 2014, que pretendia trazer um time da MLS para a cidade da Flórida. Mas o ex-meia de Manchester United e Real Madrid enfrentou muitos problemas para construir o estádio, que vai ser totalmente financiado com fundos privados.

Em meados de maio, os membros do consórcio de Beckham fizeram uma apresentação ao bairro Overtown para expor os planos que têm para a cidade. Mas a promessa de 50 empregos fixos não conquistou os opositores.

Com o aval das autoridades locais, o sonho de Beckham é colocar uma equipe na MLS, com sede em Miami. A ideia, de acordo com um sócio do ex-jogador inglês, é estrear o time em campo na liga em 2020.

Obs.: o futebol está chegando com tudo nos EUA! Dá só uma olhada aqui!!