Companhias aéreas investem no exterior

A crise parece não ter afetado as companhias aereas. Primeiro foi a Avianca que anunciou que fará voos diretos de São Paulo para os EUA. Agora chegou a vez da Azul anunciar ampliação dos voos de Viracopos para Miami. Nos planos da companhia área estão ainda Orlando e Lisboa (no segundo semestre).

O número de ligações semanais entre Campinas e Fort Laurdale/Miami pela Azul subirá de oito para dez entre 3 de julho e 1º de setembro. Já o total de partidas para Orlando passará de seis para oito, a partir de agosto, mas uma delas será mantida em definitivo na sequência, informou a companhia.

Sobre Lisboa, a quantidade passará de seis para sete entre outubro e novembro. De acordo com a assessoria da empresa, os voos são operados com jato A330, que tem 272 assentos.

Boa notícia para todos

A notícia é ótima para quem não pensa duas vezes antes de esticar um final de semana na cidade. Esse conjunto de pessoas (residentes na cidade ou turistas) forma um público muito significativo. Tanto que na época de seu anúncio a Avianca disse estimar um aumento de 8 a 10% no faturamento para 2017.

Além do voo para Miami eles anunciaram o lançamento da rota para Santiago. De acordo com dados divulgados, a companhia aérea prevê transportar no total 11 milhões de passageiros em 2017. Em 2016 foram 9,4 milhões de 2016.

Companhias aereas comemoram fase

O Aeroporto de Viracopos é a nova de que a crise não afetou as companhias aéreas. O aeroporto encerrou o primeiro trimestre com alta no fluxo de passageiros impulsionado pelos voos internacionais. A concessionária que administra o terminal é ainda mais otimista. Ela projeta tendência positiva nos próximos meses e negocia seis novas rotas, entre elas, quatro com mercado asiático para transporte de cargas, e duas de passageiros com destinos para a América do Sul.