Já imaginou uma mochila a prova de balas? Parece coisa de maluco, mas isso existe e está sendo oferecida por uma escola privada de Miami. A ideia surgiu depois de tantos ataques em escolas americanas. O intuito é melhorar a segurança dos alunos em caso de tiroteio.

Mochila ou escudo?

Comercializada pela Florida Christian School, o item de segurança pode ser encontrado no website da escola junto com uniformes e outros itens. A peça custa US $ 120,  pesa menos de uma libra e deve ser colocada dentro da mochila do estudante. Segundo a escola, os professores são treinados para instruir os alunos a usarem suas mochilas como um escudo. A mochila auxilia na hora das crianças  se protegerem em caso de tiroteio.

A placa foi projetada para proteger de balas como um .44 Magnum e um .357 SIG. No entanto, a proteção não suporta balas de armas maiores como rifle, por exemplo.

Vale registrar que a Florida Christian School não esteve envolvida em nenhum tipo de tiroteio. Mesmo assim funcionários garantem que a iniciativa é uma forma de prevenir qualquer incidente do tipo.

A empresa de design criadora do item também oferece a proteção em capas para tablets, pranchetas e vários tamanhos da placa.

Objetos à prova de balas ganham espaço

Em 2013, meses após o tiroteio em massa que deixou 20 crianças e seis adultos mortos na escola em Newtown, Connecticut, a universidade de Maryland decidiu investir em quadros brancos à prova de balas e comprou 200, citando o tiroteio em Newtown como o fator decisivo.

Os painéis brancos e as mochilas não são os únicos itens à prova de balas disponíveis na sequência de tiroteios em massa. Existe uma indústria inteira dedicada à fabricação de produtos à prova de balas que incluem notebooks, pastas de laptops, cobertores, móveis e até mesmo roupas íntimas.

Há também uma linha de moda high-end à prova de balas que oferece tudo, desde roupas formais até os impermeáveis ​ e casacos de couro. Vários líderes mundiais usam os produtos da marca.