Visto EB-5

Conhecido como ‘o visto de um milhão de dólares’. O EB-5 é destinado a investidores que querem aportar ao menos US$ 1 milhão de capital nos Estados Unidos. A ideia é que os empreendimentos possam gerar empregos no país. Não é preciso abrir uma empresa própria. O dinheiro pode ser investido em uma companhia já existente.

Se aprovado, o requerente recebe um green card provisório de dois anos. Esse documento pode ser substituído, depois desse período, por um green card definitivo. O prazo para conseguir esse visto é mais longo. É necessário esperar de 16 meses até a emissão do green card provisório, em média.

Atualmente, além da possibilidade de investir US$ 1 milhão em um negócio no país, que podem ser alocados ao longo de dois anos, há outra opção para quem busca o visto EB-5.

São os centros EB-5 — regiões de alto índice de desemprego ou áreas rurais com menos de 20 mil habitantes. Nesses locais, onde o governo norte-americano busca incentivar a criação de empregos, o valor mínimo do investimento cai para US$ 500 mil .

O investidor não precisa trabalhar diretamente no investimento, apenas fazer um aporte de capital. Contudo, o projeto deve criar ou evitar a perda de pelo menos 10 empregos.

Quantos vistos EB-5 são emitidos a cada ano?

A Imigração dos Estados Unidos e o Serviços de Cidadania reservam 10.000 vistos para os investidores EB-5 a cada ano fiscal. Este contingente de 10.000 vistos nunca foi atingido.

Houve um aumento drástico no número de participantes do programa EB-5 em 2011, com mais de 3.000 investidores que aplicaram através do programa. Cerca de 3.500 vistos EB-5 foram emitidos no ano fiscal de 2011, o que marcou um aumento de 80% desde 2010.

Este crescimento pode ser atribuído ao aumento da confiança no programa, devido à transparência do USCIS dentro do programa, e também a eficiência no processo de registro, um aumento de novos Centros Regionais estabelecidos nos Estados Unidos.